Materiais Porosos


Designam-se por materiais porosos aqueles em que a parte sólida que os constitui ocupa apenas uma parte do seu volume, sendo a restante parte formada por pequenos intervalos, abertos para o exterior e que podem (ou não) comunicar entre si. A absorção sonora processa-se fundamentalmente por dissipação de energia devida ao atrito do ar durante a propagação ao longo dos poros que o definem e, também, por viscosidade e atrito interno na vibração da própria estrutura do material.

A máxima eficácia no funcionamento destes sistemas é obtida com a colocação do material na posição em que a velocidade de vibração das partículas de ar é maior (vd. Figura seguinte), permitindo assim reduzir a energia cinética da vibração correspondente.

materiais porosos

A velocidade de vibração das partículas é maior à distância de ¼ do comprimento da onda, e consequentemente a capacidade dissipadora de energia do material.

Os processos de dissipação de energia ocorridos neste tipo de materiais derivam muito da porosidade que exibem, sendo, por este facto, normalmente eficazes em correções acústicas a realizar no domínio das altas frequências (frequências superiores a 500 – 630 Hz).

We use our own and third-party cookies to improve the functioning of this website and to statistically analyze the use you make on this web page, with the aim of improving our services and your experience as a user. You can get more information or know how to disable or change the Cookies setting in COOKIES POLICY

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close