O Som no Ar


Os movimentos de um corpo em vibração, o funcionamento de aparelhos de rádio e televisão, os escoamentos de gases, etc., dão lugar a perturbações na atmosfera envolvente. Estas perturbações traduzem-se por contrações e dilatações de volumes de ar elementares, correspondendo-lhes respectivamente:
– uma alteração de pressão, que em repouso é a pressão atmosférica P0
– um movimento vibratório das partículas de ar

Propagando-se e atingindo o percepiente, estas perturbações impressionam o tímpano e em consequência o sistema de audição humano. Assim sendo, e em certas condições, está-se na presença de um som.

som no ar

Para um determinado ponto A, a pressão total resultante corresponde à soma da pressão atmosférica P com a pressão devida às perturbações referidas, sendo designada por P(t). Nesta circunstância, define-se pressão sonora, P(t), a qual é função do tempo, t, a grandeza.

som2

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar o funcionamento deste website e para analisar estatisticamente o uso que faz desta página web, com o objetivo de melhorarmos os nossos serviços e a sua experiência como utilizador. Pode obter mais informações ou saber como desativar ou alterar a configuração de Cookies em POLÍTICA DE COOKIES

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close