A capacidade de dissipação de energia sonora num determinado recinto encontra-se diretamente relacionada com a absorção conferida pelos revestimentos existentes (nas paredes, pavimentos e teto), assim como pelo mobiliário e outros elementos decorativos ou funcionais que se encontrem dispostos no interior do recinto.

A quantificação da dissipação de energia sonora é efetuada com o recurso ao conhecimento do valor do tempo de reverberação.